Clima liga sinal de alerta para produtores de arroz antes da colheita

 

Neste momento, os produtores de arroz do Rio Grande do Sul monitoram as lavouras para acompanhar os últimos passos do crescimento das plantas antes da colheita. Nesta reta final, o principal adversário dos orizicultores tem sido o clima. Chuva constante em regiões gaúchas prejudicam as lavouras com a falta de luminosidade.

 

Esta é uma das preocupações do produtor Arnaldo Eckert, que plantou 1,2 mil hectares da cultura em sua propriedade no município de Tapes (RS), que será a sede da 25ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, de 5 a 7 de fevereiro no parque do Sindicato Rural do Município. O agricultor informa que cerca de 80% da produção já está na fase de florescimento. "Tivemos problemas no início do plantio, mas conseguimos plantar mais cedo. Agora estamos enfrentando o problema de muita chuva e pouca luminosidade neste momento de floração", explica. 

 

Mas as boas práticas preconizadas na produção serão um ponto forte para Eckert minimizar os problemas. O produtor realizou o escalonamento do plantio e utilizou mais de uma variedade na lavoura. Também dividiu o espaço com a soja, plantando cerca de 1,5 mil hectares da oleaginosa, com o objetivo de aumentar a rentabilidade. "O escalonamento ajuda a ter um bom rendimento nas lavouras, pois tudo não floresce em um momento só, dura o mês inteiro. Se pegamos dois dias de tempo ruim afeta só uma parte da lavoura", salienta.

 

Para o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles, a situação do clima é preocupante, Relata que existem regiões gaúchas como São Borja, Uruguaiana e Itaqui, que já registram perdas em lavouras em razão do aumento do nível do Rio Uruguai e terão a colheita comprometida. "Tenho dúvidas se a nossa produtividade será uma produtividade esperada. Estamos bastante preocupados com as possíveis repercussões que podem acontecer em função a este clima que se instalou no Rio Grande do Sul que é bastante nocivo não só por enchentes e excesso hídrico mas também pela baixa radiação solar. O arroz é extremamente dependente desta radiação para poder externar seu potencial produtivo", explica.

 

Com o tema "Cesta Básica Garantida com Renda no Campo Comprometida, a 25ª edição da Abertura Oficial da Colheita do Arroz é de organização conjunta da Federarroz com a Associação de Arrozeiros de Tapes.

 

Foto - Vitrine Tecnológica Tapes: Federarroz/Divulgação

Please reload

Últimos Releases
Please reload