Remate da São Rafael alcança R$ 2,3 milhões em vendas

 

Mais uma vez o leilão da Cabanha São Rafael confirmou as expectativas e mostrou que o mercado da raça Crioula continua aquecido. Realizado na noite deste sábado, dia 7 de março, em Balsa Nova (PR), o remate, que chegou à sua vigésima edição, teve faturamento de R$ 2,3 milhões e fechou com uma média de R$ 41,16 mil na venda total dos 56 lotes ofertados.

 

Para o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que conduziu as vendas na noite, apesar da forte chuva que caiu sobre a região durante o leilão, o evento teve um bom público. Avalia que os números devem traçar um indicativo de vendas para a temporada. "Foi surpreendente a liquidez. Nossos destaques foram os potros filhos do Vingador do Purunã e as éguas que tiveram uma média de R$ 43,7 mil. Funcionou muito bem como um balizador de mercado. Ficamos muito satisfeitos com o resultado", destaca.

 

O lote mais valorizado da noite foi a égua Ponte-Suela do Purunã, vendida pelo valor de R$ 175 mil para a Cabanha Maufer, de Cruzeiro do Sul (RS). Também foi concluída a credenciadora de inéditos ao Freio de Ouro, realizada desde a quinta-feira, na sede da Cabanha. Entre as fêmeas, Farrera de Los Campos ficou em primeiro lugar com 19,306 pontos, enquanto entre os machos o vencedor foi Facón 1069 Maufer com pontuação final de 19,420.

 

Fotos: Trajano Silva Remates/Divulgação

Please reload

Últimos Releases
Please reload