Novas tecnologias auxiliam produtor a otimizar custos e melhorar renda

A pressão nos custos de produção e a busca por uma maior produtividade levam os produtores a adotarem ferramentas de trabalho que os auxiliem a ter maior rentabilidade em suas lavouras. A agricultura de precisão surge como uma das soluções para tornar mais eficiente o manejo no campo. Mas como toda técnica nova, gera muitas dúvidas e pela rápida expansão de área e resultados proporcionados, o tema é bastante falado, mas muita coisa básica não é explicada.
 
Para conhecer melhor esta ferramenta, a Falker, que está há mais de dez anos no mercado desenvolvendo softwares específicos para a Agricultura de Precisão, elaborou dicas para ajudar o produtor. Marcio Albuquerque, diretor da empresa e membro da Comissão de Agricultura de Precisão do Ministério da Agricultura, afirma que não há como garantir ganhos imediatos pois cada lavoura é única e os resultados vão depender da situação da área que pode, ainda, ter interferências de variáveis como clima e pragas. Destaca que as técnicas utilizadas estão baseadas em conhecer as variações que existem dentro das áreas e trabalhar para tirar o melhor resultado de cada pedaço da lavoura. 
 
Segundo Albuquerque, é muito importante as fases que compreendem desde o planejamento, escolha de sementes até às operações na lavoura."Fazer Agricultura de Precisão não trará bons resultados se os cuidados básicos não forem bem feitos. Não se consegue corrigir uma lavoura mal semeada ou plantada fora de época. E vale lembrar que no plantio direto, tem que haver rotação de culturas e cobertura do solo", explica.
 
Normalmente, o trabalho com agricultura de precisão inicia com o mapeamento da fertilidade da área e depois é possível mapear muitas outras informações como a colheita, a compactação, imagens aéreas e de satélite ou usar sensores que identificam parâmetros direto na lavoura. Albuquerque salienta que as informações colhidas se somam e permitem um conhecimento detalhado da área. "Os resultados aparecem com os ajustes graduais do manejo para tirar o melhor proveito das características da área. E a gestão deixa de ser apenas baseada na experiência do produtor e sua equipe e passa a ser feita com números e dados", garante.
 
As técnicas da Agricultura de Precisão podem contribuir para o aumento de produtividade ao identificar gargalos e possibilitar redução de custos. "É um objetivo sustentável, que pode ser alcançado, mantendo o nível de investimento sob controle e medido através das decisões baseadas em números. A não ser em situações especiais, a busca contínua por maiores produtividades deve ser o objetivo, calculando os custos de forma mais precisa", reforça Albuquerque.
 
Cinco dicas Sobre Agricultura de Precisão
 
1) Agricultura de Precisão traz resultados, mas não faz milagre
2) Lembre-se do básico
3) Os resultados vêm com o tempo
4) O conhecimento é a base
5) Busque produtividade

Please reload

Últimos Releases
Please reload