Eventos do agronegócio gaúcho pautam tema do seguro rural

O clima pode ser decisivo para a safra de grãos no país. As lavouras gaúchas de grãos, em muitos anos, são influenciadas por fatores climáticos. Se não é o El Niño, fenômeno que traz incidência de chuvas acima da média, é o La Niña que provoca chuvas abaixo da média incomodando os produtores. Basta lembrar que em 2012, último ano com este prognóstico, no Rio Grande do Sul, por exemplo, a estiagem dizimou lavouras de soja e milho, causando quebra de 43% na colheita de grãos.


Diante deste cenário, o seguro rural surge como ferramenta fundamental para amenizar os problemas causados pelo clima. Enquanto em 2011 a área assegurada era de 4,48 milhões de hectares no país, de acordo com dados do Atlas do Seguro Rural, do Ministério da Agricultura, em 2017 este número chegou a 4,86 milhões de hectares. No Rio Grande do Sul, em 2015 a área coberta passou de 590 mil hectares para 873 milhões de hectares em 2017.


Estes números revelam que há um crescimento do setor no país, mas ainda longe do ideal. Enquanto nos Estados Unidos mais de 90% da área rural está coberta pelo seguro rural, no Brasil este índice é de apenas 14%. "O produtor precisa contratar o seguro para se proteger de problemas que possam acontecer nas lavouras, mas não apenas nos períodos de El Niño ou La Niña", explica o diretor da Tovese Corretora de Seguros, Otavio Simch.


O especialista lembra que o produtor deve ter atenção na hora da contratação do seguro e buscar empresas com tradição no mercado local. Uma das opções é o seguro por talhão, que apresenta melhor retorno do que o realizado por média da propriedade. O custo entre as duas modalidades é quase o mesmo, mas enquanto a primeira opção considera apenas o talhão atingido, a segunda faz uma média geral da área contratada, ou seja a média da propriedade.


O tema vem sendo de fundamental discussão e a Tovese Corretora de Seguros está participando de eventos estratégicos do setor para passar a mensagem da importância do assunto para a agricultura gaúcha e brasileira. De 20 a 22 de fevereiro a empresa estará presente no Crop Show 3 Tentos, em Santa Bárbara do Sul (RS), organizado pela 3 Tentos Agroindustrial. Nos dias 21 e 22 de fevereiro, será a vez do Dia de Campo Olfar, em Erechim (RS) e também da 7ª edição da Noite de Campo, na Fazenda Santa Terezinha, em Cruz Alta (RS).


Também no dia 21, a Tovese participa de evento promovido pela AgroDireto em Espumoso (RS). Dos dias 22 a 24 de fevereiro será a vez da Expoagro Cotricampo, promovida pela Cooperativa Tritícola Mista Campo Novo (Cotricampo), que será realizada no município e chega à sua terceira edição. Já de 27 a 28 de fevereiro, em Cruz Alta (RS) a participação será no Campo Experimental C.Vale.

 

Please reload

Últimos Releases
Please reload