Evento marca encontro de criadores de Brangus da América Latina

Um grupo de 15 criadores de Brangus do Brasil participou na última semana da gira internacional da raça, realizada na região argentina de Córdoba. Durante este período, visitaram estabelecimentos reconhecidos no país vizinho, cujo propósito comum é produzir um bovino adaptado à nova fronteira da pecuária de corte. Também participaram de intercâmbio latinoamericano de genética Brangus, em jornada promovida pela Associação Latino-Americana de Brangus (Al Brangus), com a presença de representantes de diversos países como México, Costa Rica, África do Sul, Colômbia, Bolívia, Equador, Paraguai e Uruguai.

 

O presidente da Associação Brasileira de Brangus (ABB), João Paulo Schneider, observa que esta nova fronteira da pecuária de corte na Argentina tem avançado em direção ao norte, ocupando regiões mais desafiadoras de ambiente do que as tradicionais províncias produtoras, como Buenos Aires, Pampa, Santa Fé, entre outras, cujas terras estão dando espaço à agricultura. "O intercâmbio entre diversos países participantes da América Latina também foi um dos pontos fortes, proporcionando vínculos que vão gerar muitos negócios e troca de genética, onde o Brasil tem enorme oportunidade de contribuir com um Brangus com base zebuína Nelore, visto o grande volume de seleção desta raça focada na fertilidade e rusticidade", destaca.

 

Argentina e Brasil também serão sedes das próximas duas edições do Congresso Mundial da raça Brangus, sendo que em 2020 ocorre em território argentino e em 2022 será a vez dos brasileiros a receber o evento.

Please reload

Últimos Releases
Please reload