São Jorge e São Manoel vencem prova da CRV Lagoa

Chega ao fim mais uma edição do teste de desempenho realizado pelo Centro de Performance (CP) da CRV Lagoa em parceria com a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB). Realizado na cidade de Sertãozinho, no interior de São Paulo, o Teste que avalia o desempenho dos animais em regime de confinamento, com dieta balanceada a fim de simular o desempenho do animal em regime de pastagem, reuniu 62 exemplares, sendo 32 reprodutores da raça Hereford e 30 da raça Braford, oriundos de 25 propriedades do Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

 

A raça Hereford, que marcou presença pela primeira vez na Prova, consagrou a Agropecuária São Jorge, de Bagé (RS), como grande campeã desta edição. O exemplar tatuagem P080 apresentou no final da avaliação um ganho médio diário (GMD) de 1,786 quilos. Já na raça Braford o destaque foi para o touro tatuagem 38-Q144, da propriedade de Alfeu de Medeiros Fleck, Estância São Manoel, de Alegrete (RS), fechando a prova com um GMD de 1,821 quilos.

 

Segundo o Gerente de Inovação e Rebanho e responsável pela Prova, Cesar Franzon, a qualidade dos exemplares participantes do teste foi excelente. "Reunimos muita qualidade na prova e isso mostra que os criadores estão em busca de novos mercados. Conseguimos avaliar e selecionar aqui dentro os melhores animais das raças Hereford e Braford", destacou.

 

A segunda colocação na raça Hereford ficou com o exemplar 147, da Agropecuária Dom Vitor, localizada em Santa Vitória do Palmar (RS), que fechou a prova com um ganho médio diário de 1,857 quilos. Já a terceira colocação na raça foi para a Estância Tamanca, também de Santa Vitória do Palma (RS), com o touro O027, com 1,429 quilos. Na raça Braford a segunda colocação foi para a Estância Bela Vista, de Santana do Livramento (RS), com o touro 38-4934, com 1,893 quilos. De Itaqui (RS), mais precisamente do Grupo Pitangueira, a terceira colocação na raça Braford, que ficou com o reprodutor 38-S191.

 

Para o presidente da ABHB, Luciano Dornelles, a prova é uma ferramenta de seleção que mostra as potencialidades das raças. “É um teste que traz visibilidade aos criatórios participantes e, principalmente, dissemina a nossa genética HB. Além de ser uma prova que é realizada no principal centro de comercialização, em São Paulo”, afirmou.

 

Os animais participantes da prova serão comercializados em um leilão no dia 25 de junho, terça-feira. A atividade, que terá início por volta das 20h, será realizada pela Central Leilões.

Please reload

Últimos Releases
Please reload

Trajano Silva Remates