• AgroEffective

Selo Racial ultrapassa os R$ 3 milhões em faturamento


Mesmo com um temporal que assustou os organizadores durante a madrugada, o leilão Selo Racial, realizado nesta sexta-feira, dia 26 de setembro, em Quaraí (RS), teve como marca a superação, não só na organização como também nas vendas. O faturamento total chegou a R$ 3,05 milhões na venda de 471 lotes de animais das raças Angus, Brangus, Hereford e Braford. O valor superou em 25% os números do ano passado, de R$ 2,34 milhões.

Para o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, um dos grandes destaques foi a busca pela genética das cabanhas que promoveram o evento por compradores de outras regiões do país, especialmente Sudeste e Centro-Oeste. A surpresa foi a venda de matrizes da raça Brangus. "Chamou a atenção da valorização destas fêmeas da raça, tivemos um lote que valeu mais de R$ 9 mil, que foi uma surpresa para nós", explica.

O diretor comercial da Cia. Azul, Reynaldo Salvador, destacou que em onze anos da realização do remate já foram comercializados mais de cinco mil reprodutores e que os clientes que já adquiriram material genético do Grupo Selo Racial comprovaram resultados positivos no rebanho. Acrescenta ainda que o momento da pecuária de corte no Brasil é bom e quem investe está tendo retorno. "A pecuária de corte está em um momento excelente, é um dos poucos negócios no Brasil que tem crescimento. Temos uma perspectiva muito boa pela frente, precisamos investir muito em genética qualificada", salienta.

O remate, organizado pelas cabanhas Cia. Azul, Corticeira, Rincon Del Sarandy e Tradição Azul, com o Condomínio Rural Weiler como convidado, teve média de R$ 6,49 mil por lote. O destaque foi o Hereford, com R$ 6,38 mil, enquanto o Braford teve média de R$ 6,31 mil. Já o Brangus fechou com média de R$ 6,15 mil e o Angus R$ 5,9 mil.

Fotos: Trajano Silva Remates/Divulgação

#seloracial #angus #brangus #hereford #braford #quaraí #leilão #remate #pecuária #primavera #trajanosilvaremates