• AgroEffective/Federarroz

Sicredi começa a liberar recursos para a comercialização do arroz


Os produtores de arroz associados ao Sicredi podem a partir de agora buscar nas agências crédito do Financiamento para Estocagem de Produtos Agropecuários Integrantes da Política Geral de Preços Mínimos (FEPM) para a próxima safra como forma de dar suporte à comercialização da safra. O acerto foi feito em reunião da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) com dirigentes da instituição financeira.

O presidente da entidade, Henrique Dornelles, afirma que há um grande número de arrozeiros que são associados ao sistema de crédito cooperativo e que existe o interesse do Sicredi em dar aporte para os produtores. O dirigente alerta aos orizicultores que busquem o recurso junto às agências. "O sistema financeiro tradicional disponibilizou aos produtores recursos necessários para regular a oferta visto que o preço mostra estabilidade na maioria das praças. Somente em algumas regiões ainda restam movimentos que estão prejudicando estes valores", salienta.

Desde o início do mês, o Banco do Brasil já vem disponibilizando recursos para a comercialização da safra. O FEPM é uma linha de crédito que assegura ao produtor recursos para o armazenamento de produtos agrícolas que são amparados pela Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), com o objetivo de buscar a comercialização futura em melhores condições de mercado.

#Sicredi #Crédito #Comercialização #Arroz #FEPM #Federarroz