• AgroEffective/FecoAgro-RS

FecoAgro/RS espera agilidade nos processos do Plano Safra gaúcho


O Plano Safra Estadual, anunciado nesta quinta-feira, dia 9 de julho, em cerimônia no Palácio Piratini, em Porto Alegre (RS), demonstra o reconhecimento do Estado ao setor agropecuário gaúcho, onde as cooperativas se destacam dentro deste cenário. Para a Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), a expectativa é que os diversos órgãos de governo possam agilizar os processos para que o agricultor e suas organizações tenham condições de planejar a próxima safra.

Conforme o diretor executivo da entidade, Sérgio Feltraco, mesmo que a vertente dos recursos anunciados tem destinação para financiamento de custeio, investimento e comercialização, com base nas linhas e programas divulgados pelo Plano Safra Nacional no mês passado, o Estado exerce o papel de facilitador ao acesso destes montantes pelas estruturas de seus bancos. "Esperamos que, além os bancos, os demais órgãos estaduais envolvidos com a produção agropecuária gaúcha participem da agilização das propostas enviadas pelos agricultores, principalmente nas etapas de atenção ambiental aos projetos de investimento", observa.

O anúncio feito para o Plano Safra Gaúcho foi de recursos na ordem de R$ 2,8 bilhões para operações de custeio, investimento e comercialização que serão disponibilizados pelo Sistema Financeiro do Estado - Banrisul, Badesul e BRDE - para fomentar o incremento de produtividade, irrigação, armazenagem, aquisição de máquinas agrícolas, recuperação de solos, entre outros.

#FecoAgroRS #PlanoSafra #RioGrandedoSul #Recuros