• Conexão Delta G

Trabalho reúne genética de touros resistentes ao carrapato


Os produtores de rebanho bovino passaram a contar com uma nova fonte de conhecimento para auxiliá-los no combate a uma das maiores preocupações sanitárias do setor. Trata-se da terceira edição do Sumário Genômico de Touros Hereford e Braford da Conexão Delta G, lançado na Expointer 2016. A publicação apresenta a listagem e o ranqueamento, com avaliação genômica, de 250 animais sobre a sua resistência a carrapatos – uma praga que anualmente provoca prejuízos da ordem de US$ 2 milhões no Brasil. O trabalho de pesquisa foi realizado em parceria com a Embrapa e a GenSys Consultores Associados, além do apoio da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB).

Segundo o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, nesta edição praticamente dobrou o número de animais, assim como foram incluídas novas características. Afirma que o Sumário Genômico contempla todos os touros Hereford e Braford disponíveis em centrais de inseminação. “O foco do trabalho é a resistência em carrapato, mas temos também, por exemplo, a avaliação da pigmentação ocular e caracterização racial dos animais”, enfatiza.

Na edição anterior, publicada no final de 2013, foram avaliados 130 animais. O objetivo é fazer atualizações mais seguidas. Conforme Cardoso, todo o trabalho começou em 2009 por meio das primeiras tratativas com os produtores e foi finalizada em 2012 a primeira edição do Sumário Genômico. “Com essa tecnologia que estamos trabalhando podemos tirar qualquer amostra biológica e dizer o grau de resistência dos animais sem expô-los ao parasitismo. A tecnologia foi pioneira e exclusiva para a resistência ao carrapato”, garante.

O presidente da Conexão Delta G, Eduardo Eichenberg, destaca o ineditismo do trabalho, não existindo nada similar na pecuária de corte mundial. “O Sumário Genômico representa uma ferramenta importante para todos os criadores de Hereford e Braford e também produtores de genética, que trabalham com pecuária de corte e utilizam a inseminação artificial nestas raças”, explica.

Eichenberg salienta que agora o produtor também pode levar em consideração os dados do sumário de avaliação genética na hora de escolher touros com melhores índices de resistência ao carrapato e, com isso, tentar multiplicar essa genética no seu rebanho. Lembra que em termos sanitários o parasita é hoje um dos principais fatores de perdas na pecuária gaúcha e nacional. “O sumário é uma alternativa de longo prazo e permite que os produtores do Centro do país utilizem a genética Hereford ou Braford, pensando em precocidade e bonificação da carne com maior qualidade e garantia de segurança alimentar”, afirma o dirigente.

#ConexãoDeltaG #Hereford #Braford #SumárioGenômico #Carrapato

RELEASES

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco