• Trajano Silva Remates

Mercado aquecido da raça Crioula anima vendas para o Bocal de Ouro


O mercado do cavalo Crioulo iniciou o ano com um ritmo de retomada na comercialização. No início de março, o leilão da cabanha São Rafael, considerado um dos balizadores da temporada de vendas da raça, chegou a um faturamento de R$ 3,2 milhões e média acima de R$ 50 mil. Já em fevereiro, o leilão Mancha Crioula bateu recordes e alcançou um total de R$ 1,1 milhão em vendas, confirmando o bom momento da arrancada do ano.

Segundo o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, os resultados iniciais trazem uma expectativa positiva para 2017. Cita o momento agropecuário de uma boa safra como um dos fatores que vem também auxiliando os negócios no cavalo Crioulo. "A previsão de colheita da soja, do milho e do arroz é extraordinária. Isso nos traz um otimismo também na comercialização de cavalos Crioulos. Tudo isto compõe um momento que vemos com muito entusiasmo", projeta.

Outro fato que anima o setor, de acordo com Silva, é a entrada de novos compradores para a raça, que no ano passado cresceu 4,35% no número de animais em todo o país, conforme dados da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Este aumento foi verificado no número de clientes cadastrados no escritório, especialmente de regiões do centro do Brasil. "Só antes do leilão da São Rafael tivemos 23 novos cadastros de compradores, e agora nos últimos dez dias de março, foram realizados mais de cem novos cadastros de todo o perfil de usuário", informa.

De 5 a 9 de abril, a Trajano Silva Remates é a promotora dos cinco leilões que vão ocorrer durante o Bocal de Ouro, no Tatersal do Cavalo Crioulo, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). Para Silva, o material que será ofertado pelos criatórios durante o evento é um dos melhores dos últimos anos. "Estes leilões se caracterizam por ofertas totalmente diferenciadas, com éguas e cavalos da melhor qualidade possível, fazendo com que isto seja um atrativo importante", observa.

Na quarta-feira, 5 de abril, ocorrerá o leilão das Cabanhas Carpe Diem e Mapocho. Na quinta-feira, 6 de abril, será a vez do leilão Liberdade e Macanudo. Já na sexta-feira, 7 de abril, acontecerá o leilão Don Marcelino, que terá um lote doado para a Santa Casa de Uruguaiana (RS). No sábado, 8 de abril, será realizado o leilão Cabanha Malke. Fechando, no domingo, 9 de abril, ocorrerá o leilão de Matrizes Las Misiones. Informações sobre os eventos podem ser obtidas no pré-leilão da Trajano Silva Remates: http://trajano.siteseguro.ws/pre_leiloes/listar_pre_leilao

Foto: Faby Mattos/Divulgação

#TrajanoSilvaRemates #CavaloCrioulo #BocaldeOuro #Leilão #Remate #CarpeDiem #Mapocho #Liberdade #Macanudo #DonMarcelino #Malke #LasMisiones

RELEASES

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco