• Associação dos Arrozeiros de Alegrete

Cenário político e econômico pauta abertura da Semana Arrozeira


Abrindo os discursos, a presidente da Associação, Fátima Marchezan, lembrou do atual momento político e econômico do país. Segundo a dirigente, infelizmente o cenário nacional mudou no último ano e não foi para melhor, impactando fortemente o setor produtivo brasileiro. "Apesar do esforço das nossas entidades, ainda padecemos com a falta de políticas agrícolas. Além disso, temos problemas com custo de produção e alta da energia, assim como os preços aviltadores em um ano de boa colheita", salientou.

Para a presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete, o momento é de buscar cada vez mais mercados dentro das fronteiras do país com a utilização do arroz em outras finalidades de consumo, que será um dos principais temas da décima edição da Semana Arrozeira, inclusive com novas propostas que serão lançadas ao longo do evento. "Precisamos de empreendedores que deem outra roupagem ao branco do nosso grão", ressaltou.

A prefeita de Alegrete, Cleni Paz da Silva, reforçou a importância do setor arrozeiro para a economia do município, que é o quarto maior produtor do grão no Estado. Apresentou o que executivo municipal está fazendo em relação à infraestrutura das estradas rurais, que é uma das demandas que vem sendo pauta junto aos arrozeiros. "Fomos cobrados pelo setor produtivo para resolver o difícil acesso das propriedades. Os produtores estão investido em tecnologia e nós temos que dar as condições de infraestrutura", destacou.

O presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles, lembrou do papel das associações no trabalho de mobilização do setor, ressaltando especialmente o que está sendo feito pelas entidades de Alegrete e Uruguaiana. Sobre o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), o dirigente enfatizou que estão trabalhando junto ao governo para as melhorias no órgão. "É difícil de reverter um ambiente tão consolidado, mas temos o apoio e o respeito necessários para que possamos discutir e planejar um Irga diferente", observou.

Presente à abertura, o vice-governador do Rio Grande do Sul, José Paulo Cairoli, falou sobre o papel do Estado nas políticas de diversos setores da sociedade civil. Em relação ao Irga, informou que o governo está trabalhando para criar um novo conceito para o Instituto com maior participação dos produtores. "Será que está certa a estrutura do Irga hoje ou podemos ter uma transformação? Ou organizamos isto neste governo ou não teremos a oportunidade", enfatizou.

Mais informações podem ser obtidas pelo site www.semanaarrozeira.com.br.

Foto: Flávio Burin/Divulgação

#ArrozeirosdeAlegrete #SemanaArrozeira #Abertura

RELEASES

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco