• Trajano Silva Remates

Cenário econômico anima pecuaristas para temporada de outono


Os produtores e criadores de bovinos de corte se preparam para mais uma temporada de outono da pecuária gaúcha. Neste momento, já com o início das expofeiras pelo Rio Grande do Sul, além dos leilões particulares, a perspectiva é que os negócios neste período sejam positivos. A avaliação é do leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, baseada no cenário que está desenhado no país.

Para o especialista, com a recuperação econômica do Brasil, que ocorre de forma lenta, mas acontece com o anúncio de reformas, já se pode perceber um novo ânimo nos negócios quando se fala em pecuária. Silva ressalta que o mercado já sinaliza um bom desempenho neste primeiro semestre de 2019. "Acredito que teremos um segundo semestre bem melhor, mas este semestre está sendo melhor que o segundo semestre do ano passado", salienta.

O diretor da Trajano Silva Remates reforça que uma série de fatores estão contribuindo para que a pecuária venha sofrendo um incremento importante. Um deles é o maior interesse na exportação de gado vivo, que acaba por enxugar a oferta no Estado e, com isso, há um impacto positivo nos valores. "Estamos sentindo desde já reflexos no preço do gado gordo e do gado de reposição, no preço dos reprodutores, e esta é uma tendência de alta que vai continuar", ressalta.

A Trajano Silva Remates realiza dois leilões nesta temporada de outono da pecuária gaúcha. No dia 10 de maio ocorre no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em Santa Maria (RS), o tradicional leilão da Cabanha Santo Izidro, com oferta de animais das raças Angus e Charolês. Já no dia 21 de maio é a vez do Leilão de Liquidação Lajeado Vermelho, que será realizado no Parque Agrícola e Pastoril de Uruguaiana (RS), tendo em pista animais da raça Braford.

#TrajanoSilvaRemates #Leilão #Remate #TemporadadeOutono #Pecuparia #SantoIzidro #LajeadoVermelho