• Trajano Silva Remates

Procura por fêmeas dá o tom da comercialização no leilão Selo Racial


Ocorrido nesta quarta-feira, 25 de setembro, em Uruguaiana (RS), na propriedade da Cia. Azul, o tradicional leilão Selo Racial contou com grande público e disputas pelos lances das genéticas das cabanhas Cia.Azul, Corticeira, Rincón Del Sarandy, Tradição Azul e Ave Maria. O remate, a cargo da Trajano Silva Remates fechou com vendas de 339 animais das raças Angus, Brangus, Hereford e Braford.

Segundo o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que conduziu as vendas do dia, o leilão teve grande procura, especialmente por fêmeas. “Faltou fêmea, se tivesse mais à venda, certamente venderia. Mesmo após o leilão a equipe continuou trabalhando pois a procura vem sendo muito grande”, destacou.

Entre os destaques ficaram a fêmea da raça Brangus tatuagem 751, da Rincón Del Sarandy, campeã terneira menor da Expointer 2018 e campeã vaquilhona maior da Expointer 2019, comercializada pelo valor de R$ 41,6 mil. Já o touro Brangus tatuagem 7020, da Cia Azul, teve cota de 50% vendida a R$ 30,4 mil, valorizando o exemplar em R$ 60,8 mil.

Nas médias, os machos tiveram destaque no Braford, com R$ 9,95 mil, seguidos do Brangus, com R$ 9,89 mil, do Angus, com 9,61 mil, e do Hereford, com R$ 8 mil. Já nas fêmeas, a maior média foi do Angus, com R$ 3,76 mil, com o Hereford em R$ 3,75 mil, o Brangus, com R$ 3,43 mil e o Braford com R$ 3,36 mil.

Foto: Sindicato Rural de Uruguaiana/Divulgação

#TrajanoSilvaRemates #Leilão #Remate #SeloRacial #CiaAzul #Corticeira #RincónDelSarandy #TradiçãoAzul #Angus #Brangus #Hereford #Braford #Pecuária #Primavera