• AgroEffective

ABHB avalia que valorização da genética Hereford e Braford marcou o ano de 2019 para as raças


O ano de 2019 para os criadores de Hereford e Braford foi muito importante com forte presença em exposições pelo Brasil e em remates. As raças também ganharam destaque em seminários com a divulgação da qualidade da carne e da genética dos animais. A comercialização foi outro fator relevante, assim como os preços, principalmente a partir de novembro quando os valores tiveram um aumento significativo, entusiasmando os produtores.


O presidente da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), Luciano Dornelles, destacou também as parcerias fechadas com frigoríficos que possuem grande representatividade pelo país. “Por meio de suas plantas, os frigoríficos adquirem os animais dos produtores que usam o Hereford e o Braford para cruzamento industrial”, explica, lembrando que muitas ações foram feitas este ano e com uma resposta bastante significativa em relação às duas raças.


Dornelles cita ainda vários momentos em que a associação esteve presente divulgando o Hereford e o Braford, como a Nacional do Hereford e Braford, em Uruguaiana (RS), além de outras exposições ocorridas em Londrina, no Paraná, em Goiás, Santa Catarina, países vizinhos, e na Expointer, onde em mais um ano consecutivo foi registrado aumento no número de animais e de criadores. Comentou ainda a participação em eventos como do Núcleo de Estudos em Sistemas de Produção de Bovinos de Corte e Cadeia Produtiva (Nespro), da Ufrgs, da Scot Consultoria, assim como os realizados pela ABHB: o Rally, ação no interior paulista para disseminar o potencial das raças, e a parceria no teste de desempenho promovido pelo Centro de Performance (CP) da CRV Lagoa, na cidade de Sertãozinho (SP). “Foram vários momentos em que os produtores puderam mostrar o seu trabalho, o que é muito importante para o Hereford e o Braford”, salienta.


Com relação à 2020, Dornelles observa que a expectativa é de que será novamente mais um ano com uma intensa programação envolvendo as raças. “Vamos ter bastante trabalho e sem dúvida nenhuma poderemos cada vez mais conquistar mercados, mostrar a nossa genética. É com esse intuito que trabalhamos, para fomentar o Hereford e o Braford. Com reconhecimento e boa remuneração, o produtor se sente prestigiado e participa desse processo todo”, garante.


Na questão dos preços, da comercialização, o dirigente entende que às vezes é difícil fazer uma previsão. Salienta, no entanto, que o cenário atual já é de valorização tanto da carne quanto dos animais de genética. “Os criadores terão que adquirir produtos de qualidade, com excelente genética, para produzir um produto final importante e seguro”, finaliza Dornelles.


Foto: Roberta Hecht/Divulgação