top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Campanha incentiva consumidor a saber a procedência da carne bovina


Em projeção divulgada em agosto, a Companhia Brasileira de Abastecimento (Conab) estimou que em 2023, o consumo médio de carnes, per capta, no Brasil chegaria a 100 quilos. Deste total, 30 quilos seriam de carne bovina. Mas, ao chegar na gôndola do supermercado, o consumidor sabe identificar onde é produzida a carne que será preparada na sua próxima receita? Com o objetivo de esclarecer sobre a procedência da carne bovina que, a partir desta semana, o Instituto Desenvolve Pecuária apresenta, via redes sociais, a campanha “De onde a carne vem? No verso da embalagem tem!”.


O presidente do Instituto Desenvolve Pecuária, Luis Felipe Barros, conta que 55% da carne bovina consumida pelos gaúchos vem de fora do Rio Grande do Sul, seja ela proveniente da desossa, indo diretamente para os frigoríficos, ou in natura, sendo vendida diretamente no varejo. "Com mais da metade do Estado consumindo carne de fora, obviamente tem pessoas que não sabem que essa carne é de fora. Nosso objetivo com a campanha é pedagógico. É mostrar para o consumidor que existe a carne oriunda do Rio Grande do Sul e a carne de fora e, então, ele poder fazer a escolha", esclarece o dirigente.


Com criação da agência Humanizando Marcas Comunicação, sob a coordenação de Sílvia Orsi Koch, a campanha vai mostrar que o consumidor pode buscar, no verso da embalagem, um selo que informa o local onde o gado foi criado, ou seja, o estado de procedência do produto. Como Embaixador da campanha, Silvia conta que foi escolhido o assador Gonçalo Cirne Lima, que trabalha exclusivamente com produtos originados de gado criado no Rio Grande do Sul.


Para o lançamento da campanha, associou-se à iniciativa do Instituto o Frigorífico Coqueiro, de São Lourenço do Sul (RS). A empresa foi escolhida por ser nacionalmente reconhecida por suas boas práticas e como sendo de excelência no setor de proteína bovina. Os organizadores da campanha ressaltam que é sempre uma grande oportunidade poder degustar uma carne com este tipo de padrão.


Foto: Raul Krebs/Divulgação

Comments


bottom of page