top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Expointer terá 980 ovinos de 15 diferentes raças e produtores de quatro Estados


Com a presença de 15 diferentes raças e mais a variedade Naturalmente Coloridos de seis delas, os ovinos repetirão, nesta Expointer, a marca do ano de 2007, com 980 animais inscritos. Os dados são da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco) que estima um crescimento médio, a cada ano, de 10% de animais na feira, em Esteio (RS).


O presidente da entidade, Edemundo Gressler, ressalta que o número, muito representativo, traz otimismo e um entendimento muito favorável de que o setor vem se desenvolvendo, principalmente a ovinocultura de genética. Para Gressler, é urgente que o país entenda que se pode exportar genética ovina. A Expointer, para o presidente da Arco, é uma grande vitrine nacional onde os produtores podem mostrar seu trabalho de investimento ao longo do ano em compra de reprodutores e de evolução genética. “A participação destes animais na Expointer, que para nós é a principal feira latino-americana de expressão internacional muito grande, então realmente ela tem esse aporte, e por consequência mostrar toda essa pujança genética de nossas raças”, afirma.

A Arco registrou um crescimento de 15% quando comparadas as inscrições da edição passada e desta. De 2022 para 2023, foram cerca de 15%. Já de 2021 para 2022, o percentual foi menor, com um crescimento de 11% no número de participantes. Dos mais de 900 animais que irão para Esteio, cerca de 80% serão representantes de raças produtoras de carne. “Teremos de 110 a 120 laneiros, como os das raças Merino Australiano, Ideal, Corriedale e Romney Marsh”, detalha Gressler. Além dos produtores gaúchos, também estão inscritos para a 46ª Expointer, criadores de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Arco na Expointer 2023 tem o patrocínio de Supra, mais que produtos, resultados e Senar-RS.

Comments


bottom of page