top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Maior Fenasul Expoleite da história termina com grande presença de público


Foi com o desfile festivo dos grandes campeões de diversas espécies e raças de animais, desde o gado leiteiro até os pequenos coelhos, que a 17ª Fenasul e 44ª Expoleite encerrou cinco dias de intensas atividades no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), neste domingo, 21 de maio. O evento, que congregou mostra de criadores, competições de produtividade, rodeio, palestras, shows musicais e o melhor da agroindústria familiar, recebeu em torno de 100 mil pessoas entre os dias 17 e 21 de maio.


O presidente da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), Marcos Tang, afirmou em seu discurso que os produtores e seus animais são as maiores autoridades da Fenasul Expoleite. “Os campeões do concurso leiteiro e da morfologia não foram feitos na feira, mas em casa com o trabalho de toda a família desses produtores, desde que cada um desses animais nasceu”, enfatizou, parabenizando a todos.


Tang ainda se referiu ao Fundoleite lembrando que apesar dos R$ 30 milhões não é possível usá-los para fazer os cálculos do custo de produção do leite e o preço de referência. “Talvez vocês produtores não entendam bem o que é isso, mas são problemas que nós enquanto entidade enfrentamos todos os dias. Não temos tido as reuniões de Conseleite para dar o preço de referência, porque o elo produtor ficou com uma dívida para fazer este cálculo”, ponderou o presidente da Gadolando. Tang defendeu que o Fundoleite pelo menos pague isso “ou se acabe e divida com os produtores”.


O dirigente finalizou sua fala afirmando que essa Fenasul Expoleite foi a maior já realizada até agora. “Nós arrumamos um problema bom. Quero ver fazer uma Fenasul Expoleite, uma Multifeira, Rodeio e Cursos técnicos da Agptea, maiores do que essas. E para o ano que vem temos data, de 15 a 19 de maio, e temos local”, pontuou.


Para o vice-presidente da Fetag-RS, Eugênio Zanetti, "foi uma grande feira, pois, além de proporcionar oportunidades de comercialização, troca de experiências e de tecnologias, mostrou a força do setor leiteiro, valorizando as pessoas que se dedicam à atividade e fazem do Rio Grande do Sul um dos grandes produtores de leite do Brasil. Também destacamos a sempre marcante presença das agroindústrias familiares, que mais uma vez trouxeram excelentes produtos para o público visitante".


O presidente da Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac), João Francisco Bade Wolf, cumprimentou a todos pela “magnífica Fenasul Expoleite”. “Animais maravilhosos e seus criadores. Vocês são as estrelas dessa festa”, disse Wolf, ressaltando o carinho dos criadores com seus animais e que, realmente, será muito difícil superar esta edição de 2023. Wolf pediu uma salva de palmas aos tratadores e cabanheiros que tratam os animais no dia a dia. O dirigente informou, ainda, que para 2025 já existe um trabalho sendo feito para que aconteça junto à Fenasul Expoleite uma Exposição Internacional do Hereford e do Braford.


O diretor administrativo da Farsul, Francisco Schardong, destacou o trabalho dos produtores, lembrando que muitos segredos da atividade "não se aprende nos bancos escolares, mas no costado dos pais com os filhos, como vemos muitos casos aqui", comentou. Ele comparou a situação do leite ao do arroz e os classificou como os primos pobres da cesta básica porque ambos possuem taxas aplicadas à produção, gerando milhões de reais que não retornam aos produtores. Também prestou uma homenagem aos funcionários da Secretaria da Agricultura e o trabalho que eles desenvolvem ao longo dos anos. Por fim, Schardong entregou placas ao prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, e ao presidente da Gadolando, Marcos Tang, pelo trabalho desenvolvido nas edições da Fenasul, Expoleite e Multifeira.


Já para o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, a Fenasul, Expoleite e Multifeira promovem a integração do que há de melhor no Estado, tanto no campo quanto na cidade. “Estou aqui hoje para render nossa homenagem à capacidade que esses homens e mulheres têm de alimentar as mesas de quem vive em nosso Estado e País. Reforço que um dos motivos de estar aqui hoje é ratificar todo o respeito que Esteio tem ao agro e sua importância para a economia do Rio Grande do Sul. Para o próximo ano, nosso desafio será maior, pois vamos continuar trabalhando para ampliar e diversificar ainda mais esse evento”, afirmou.


A Fenasul Expoleite de 2023 foi uma promoção da Gadolando e Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação, com co-promoção de Farsul, Febrac, Fetag-RS e Prefeitura de Esteio.

Comments


bottom of page