top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Oficinas vão movimentar Seminário de Meliponicultura em Forquetinha


Oficinas com os mais diferentes assuntos serão um dos destaques do X Seminário Regional de Meliponicultura que ocorrerá em Forquetinha (RS), no Parque Histórico do município, entre os próximos dias 4 e 5 de novembro. O evento, realizado pela Associação de Meliponicultores do Vale do Alto Taquari (Amevat), Emater, Prefeitura e Câmara de Vereadores de Forquetinha, terá como tema “Diversificação da Propriedade e Sustentabilidade”.


As oficinas serão ministradas por meliponicultores, com o apoio da Emater, no sábado, dia 5, a partir das 14h, em diferentes locais do Parque. Entre os temas estão Confecção de Iscas PET, Transferência Jataí da isca para caixa, Confecção de caixas, Divisão de Mandaçaia por Disco e Divisão de Mandaçaia com alça, Divisão de Guaraipo, Produção de Hidromel, Confecção de Meliprodutos, Alimentação de Abelhas, Inovações e Facilidades para a Meliponicultura e Identificação de Espécies de Abelhas Sem Ferrão. Também haverá a distribuição de estacas.


Os responsáveis pelas oficinas serão Eduardo Gauer, Flavio Dupont, Rodrigo Boiarski, Anderson Roth, Fernando Vaccaro, Orlando Morschel, Leandro Voltz, Lauro Rudiger, Jonathas Cizar, Gustavo Eidt, Marcelo Passos, Thiandra Sangaletti, Cezar da Empresa Vemedera e Débora da Morada das Ilhas.

O presidente da Amevat, Nelson Angnes, destaca que este é o segundo seminário dentro de um ano que a Associação realiza. O primeiro de 2022 ocorreu em abril, na região Noroeste do Estado, no município de Horizontina. Ele salientou, ainda, o trabalho da entidade durante a Expointer, onde foram levadas as abelhas nativas sem ferrão do Rio Grande do Sul e do Brasil, assim como apresentados diversos produtos confeccionados dentro de meliponicultura. “E agora, em novembro, vamos oferecer mais de 15 oficinas, com base na atividade da meliponicultura, levando conhecimento para o público em geral”, enfatiza, colocando que será mais um grande trabalho promovido pela Amevat.


A programação do Seminário, que tem a coordenação do engenheiro agrônomo Paulo Francisco Conrad, contará também com palestras, exposição de abelhas nativas, meliprodutos, distribuição e venda de plantas e mudas meliponas. O evento tem o apoio da Associação Gaúcha de Professores Técnicos de Ensino Agrícola (Agptea), da Federação das Associações de Meliponicultores do Estado do Rio Grande do Sul (Femers), da Associação Brasileira das Entidades da Meliponicultura (Abrem) e do Sicredi. A entrada é franca e as inscrições podem ser feitas pelo endereço https://www.sympla.com.br/seminario-meliponicultura__1738192.

Bình luận


bottom of page