top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Peleia gastronômica marca integração entre entidades e celebra a carne Hereford


Mais do que uma disputa entre assadores, o evento que movimentou a noite na arena do Cavalo Crioulo, no primeiro sábado de portões abertos da 46ª Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), foi um congraçamento entre criadores. De um lado, pecuaristas da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), e do outro, crioulistas da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). As estrelas da festa foram os cortes de Carne Certificada Hereford, utilizados para o preparo das receitas na quinta edição da Peleia Gastronômica.


A primeira edição da Peleia foi realizada em Bagé (RS), durante a Classificatória Sul no mês de maio. O presidente da ABCCC, César Augusto Hax, destacou o clima de integração entre os criadores. “Durante todo o ciclo sempre foram momentos de muito prazer, de muita convivência, coisa que a raça crioula sempre primou e sempre preservou, a família e convivências”, afirmou. Hax também ressaltou que são duas criações que convergem e se complementam, pois não existe gado sem cavalo, nem cavalo sem gado. “É algo que nos acompanha há séculos na pecuária brasileira”, complementou.


O presidente da ABHB, Eduardo Soares, compartilha do mesmo sentimento. “Estamos editando aquilo que acontece nas estâncias de todo o Brasil que é cavalo crioulo e raças Hereford e Braford juntos”, afirmou. Para ele, foi um prazer estar entre amigos, confraternizar com as famílias. Ele anunciou que reuniões já estão em andamento para que a integração entre as duas entidades se perpetue para além deste ciclo do cavalo crioulo.


Com o troféu em mãos e o rosto vermelho marcado pelo calor das chamas, Paulo Azambuja celebrou a vitória em nome dos demais parceiros que compuseram a equipe, como Bruno Silveira e Paulo Griebler. “Ver essas pessoas queridas, amigos, pessoal do cavalo, pessoas que a gente não encontra durante o ano…Isto foi uma coisa tão bonita e procuramos apresentar o melhor da gente e da carne hereford”, afirmou.


Os vencedores prepararam três receitas com diferentes cortes de carne, tendo o tempo de 30 minutos para cada uma. Um corpo de jurados provou o resultado e pontuou os pratos para chegar aos assadores de maior sucesso da edição.


Além dos sócios da ABHB, também foram agraciadas com troféus outras duas equipes. A equipe formada pelos crioulistas Eduardo Suñe, Pedro Moglia e Ramiro Moura ficou com o segundo lugar e os uruguaios Nacho Lussich, Pablo Dutra e João Campiotti ficaram em terceiro.


Foto: Dhesika Vidikin/Divulgação

Comentários


bottom of page