top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Peleia gastronômica une criadores em torno do assado com carne Hereford


Depois do grande sucesso em provas da raça Crioula nas cidades gaúchas de Bagé, Uruguaiana e Rolante, além de Ponta Grossa, no Paraná, chegou a vez de Camaquã receber a Peleia Gastronômica. O evento é fruto de uma parceria entre a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) e promove integração entre os públicos das duas entidades, já unidos pela tradição e pecuária, por meio de uma competição de assados com a Carne Certificada Hereford.


Eduardo Soares, presidente da ABHB, esclarece que a parceria permite a troca de ideias, experiências e reeditar aquilo que já acontece nas estâncias. “Que é a criação dos animais cara branca e o Cavalo Crioulo. Essa alternativa saiu de um evento conjunto, na Exposição Nacional de Hereford e Braford, realizada em Bagé, em maio, e coincidente com a Classificatória Gaúcha Sul do Freio de Ouro e se propagou para o Bocal de Ouro, Uruguaiana, Ponta Grossa e agora Camaquã. Vai culminar na grande final do Cavalo Crioulo”, detalha Soares. Conforme o presidente da ABHB, as duas entidades juntas divulgam suas marcas, confraternizam com seus criadores e fazem com que cada vez mais as raças cresçam e se desenvolvam no Brasil.


Já para o presidente da ABCCC, César Hax, a parceria com a ABHB é extremamente importante e convergente, sobretudo. “Afinal na história do nosso Estado e da pecuária brasileira sempre houve gado e cavalo com uma relação muito próxima de necessidades e complementos”, afirma Hax, complementando que tem a certeza de que a Peleia Gastronômica alcançará, em Camaquã, o mesmo sucesso. “As parrillas já estão lotadas e teremos, novamente, um ambiente prazeroso de conviver, saborear a carne, falar de cavalo e é isso que a ABCCC busca, parceiros que tragam energia boa para nossos eventos”, afirma.


Na Peleia Gastronômica que acontece nesta Classificatória Aberta de Camaquã, cada equipe recebe três cortes: acém, contra-filé e costela grelha. Além disso, os participantes poderão escolher até três acompanhamentos. Cada equipe terá 30 minutos para fazer o fogo e 30 minutos para apresentar cada corte assado. Já em andamento desde a quarta-feira, 12 de julho, a Classificatória Aberta de Camaquã acontece até domingo, no Parque Dorval Ribeiro. A Peleia Gastronômica está agendada para o sábado, 15 de julho, a partir das 19h.


Foto: Ricardo Moglia Pedra/Divulgação

Comments


bottom of page