top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Puxador do Futuro leva pequenos criadores à pista dos ovinos


Com um colete que quase lhe cobria os pés, a pequena Ana Beatriz, de menos de dois anos, entrou na pista dos ovinos demonstrando que o futuro da ovinocultura está garantido. Ela participou com outros filhos de criadores da prova “Puxador do Futuro”, realizada pela Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), na manhã desta quinta-feira, 1º de setembro, na Expointer. A ovelha que Ana Beatriz levou para a prova, que simula um julgamento da raça, era maior que ela, que parecia desaparecer atrás do animal.


A pequena criadora é filha de produtores de Bagé e conta com o incentivo da irmã mais velha, Ana Isabel, de 12 anos, que também participou da prova. “Esteio é diferente de Bagé e eu fico mais contente de poder estar aqui para poder trazer as ovelhas, é uma emoção maior”, confessou a jovem que, além da escola, tem uma rotina de atividades na propriedade. “Eu ajudo a botar a comida no balde e às vezes limpo as cocheiras”, contou Ana, que garante que será professora da irmã menor.


A prova Puxador do Futuro premiou todos os participantes, mas contou com um jurado. Ronaldo da Costa, que faz parte da terceira geração de ovinocultores da família. “Pra gente que trabalha nisso desde criança, vejo essas crianças aqui e me lembro da minha infância. O jurado diz ver um futuro muito grande para os participantes na ovinocultura. “É de pequeno que se pega gosto para trabalhar com animais”, garantiu.

Opmerkingen


bottom of page