• AgroEffective

Resultado é a palavra chave na produção de trigo no Rio Grande do Sul


O presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), Paulo Pires, apresentou sua palestra no Fórum Estadual do Trigo, ocorrido nesta quarta-feira, 4 de março, durante a Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque (RS). O evento foi organizado pela Câmara Setorial do Trigo da Secretaria da Agricultura gaúcha.


Pires falou sobre a importância do trigo para o produtor rural. Ressaltou que, em uma safra como a de 2019/2020, que terá frustração na colheita do milho e, especialmente, da soja, o trigo ganha relevância para se buscar uma recuperação. “O produtor quer saber quanto investiu e qual será o resultado no final. O que paga a conta é o resultado. A sustentabilidade nos cobra o resultado. Precisamos aumentar a nossa produtividade ou diminuir custo”, salientou.


O presidente da FecoAgro/RS apresentou quatro pontos como de fundamental importância na visão do produtor sobre o negócio com o cereal: lucratividade, liquidez, segurança e produtividade. Além disto, Pires observou também a utilização do trigo em outros setores como o de ração animal. “Em muitos casos a questão da substituição e benéfica tanto economicamente quanto de desempenho. Assim como a indústria moageira, é um setor importante, que agrega valor, e deve ser considerado”, pontuou.


Também foram palestrantes nesta edição o pesquisador em Economia Rural da Fundação ABC, Cláudio Kapp Júnior, que falou sobre "25 safras da cultura do Trigo: metodologia de custeio e resultado financeiro do período". Outra palestra foi “A contribuição do Trigo no resultado da propriedade”, com Carlos André Fiorin, coordenador da Assessoria do Grupo Agros.