• AgroEffective

Valorização de fêmeas é confirmada no leilão Guatambu, Alvorada e Caty


Fechando a tradicional Temporada de Primavera da Pecuária Gaúcha, a segunda parte do leilão Guatambu, Alvorada e Caty, que chegou a sua 48ª edição, foi realizada na noite desta segunda-feira, 30 de novembro. Com grande oferta de fêmeas, a média em relação ao ano passado na categoria subiu 107%. Enquanto o remate de 2019 fechou com média de R$ 3 mil, este ano ficou em R$ 6,25 mil.


Conforme o proprietário da Estância Guatambu, Valter Pötter, um dos destaques foi a liquidez, comprovando a procura grande por fêmeas que marcou a temporada. Lembra também da busca por exemplares comprovados por avaliações. "Notamos a valorização genética dos animais Top 1%, 2% e 3%, que valeram de R$ 10 mil a R$ 20 mil. A conclusão é que o mercado está reconhecendo o trabalho de melhoramento genético, como ocorreu no na primeira parte", afirmou.


Pötter avaliou também que houve uma igualdade de valorização das fêmeas das raças Hereford e Braford. Reforçou também que do total de ofertas que foram a leilão, em torno de um terço dos exemplares foram de terneiras de um ano de idade, o que mostrou também esta alta na procura por matrizes mesmo jovens que têm um ciclo mais longo de retorno.