top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Visitantes poderão conhecer 15 diferentes espécies de abelhas sem ferrão na Expointer


As abelhas sem ferrão marcarão presença na 46ª Expointer, no parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). Mansas, nativas e importantes polinizadoras, elas estarão reunidas no espaço da Federação das Associações de Meliponicultores do Estado do Rio Grande do Sul (Femers). Ao todo, serão 20 expositores, com meliprodutos e 15 espécies de abelhas nativas sem ferrão.


Conforme o presidente da entidade, Nelson Agnes, a Femers novamente está dando oportunidades para que os criadores de abelhas sem ferrão possam fazer a exposição de diversas espécies. “E é a oportunidade para o público conhecer as abelhas brasileiras, mansas que apesar de fazerem deliciosos méis, excelente própolis, e também tem uma grande participação em diferentes produções agrícolas”, destaca.


Durante toda a Expointer, além da venda de enxames, de produtos relacionados à meliponicultura como meliprodutos, confecção de caixas e demais materiais, três viveiristas vão expor plantas melitófilas, ou seja, que servem de alimento para as abelhas e frutíferas. Haverá venda e distribuição de mudas.


Além disso, na quarta-feira, dia 30, no auditório da Associação Gaúcha dos Professores Técnicos de Ensino Agrícola (Agptea), haverá uma reunião com autoridades para debaterem o futuro da meliponicultura. O encontro está marcado para às 10h e contará com a presença do zootecnista da Embrapa, pesquisador da área de meliponicultura, Ricardo Camargo. O evento é uma realização da Femers, com apoio da Associação Brasileira de Entidades da Meliponicultura (ABREMel) e da Morada das Abelhas.

Comentários


bottom of page