• AgroEffective/Federarroz

Programa atesta qualidade do arroz do Rio Grande do Sul


O arroz produzido no Rio Grande do Sul é livre de resíduos de agrotóxicos e contaminantes. É o que indicam os resultados do último levantamento do Programa Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes, que faz parte do Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes em Produtos de Origem Vegetal (PNCRC/Vegetal), organizado pelo Ministério da Agricultura.

Das 17 amostras do ano safra 2013/2014 analisadas pelo programa, todas apresentaram a conformidade exigida pelo plano, não sendo constatadas a presença de resíduos de agrotóxicos não autorizados, assim como resíduos de agrotóxicos e contaminantes acima dos limites máximos permitidos pela legislação em vigor. Segundo o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles, isto significa profissionalismo e responsabilidade. "Nossos produtores respeitam as carências indicadas pelos fabricantes e aplicam produtos autorizados. O arroz gaúcho possui qualidade visual, sensorial e e extremamente saudável. Inclusive isso tem nos levado a pensar em criar um selo para o arroz gaúcho. Hoje várias indústrias utilizam o arroz gaúcho para fazer um blend, ou mistura, para qualificar produto de outra origem. Produzir dentro das restrições brasileiras e mais caro e deveria ser valorizado pelos supermercadistas", salienta.

Conforme o dirigente, desde que a atual diretoria da Federarroz assumiu, foi adotada postura proativa junto aos produtores com o objetivo de incentivar as boas práticas agrícolas, mais sustentáveis, e que garantam alimento saudável aos consumidores. "Temos a verdadeira consciência que produzimos alimento, arroz não e biodiesel ou ração, e alimento humano consumido quase in natura", observa.

Em todo o Brasil, 91,30% das amostras analisadas estão dentro dos índices de conformidade permitidos pela legislação vigente do PNCRC/Vegetal. Por solicitação da Federarroz, o Ministério da Agricultura está realizando ação no Centro e Norte do Brasil para verificar a qualidade do arroz que está sendo ofertado ao consumidor com o objetivo de avaliar se o produto que está sendo distribuído nas gôndolas é condizente com as informações dos rótulos.

#Arroz #Qualidade #Federarroz #RioGrandedoSul #PNCRC #Vegetal

RELEASES

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco