top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Faturamento em vendas diretas da Trajano Silva tem alta acima de 100% no semestre


O faturamento em vendas particulares realizadas pela Trajano Silva Remates no primeiro semestre de 2021 tiveram substancial crescimento na comparação com o mesmo período de 2020. Segundo os dados do escritório, os números dos valores nesta modalidade de comercialização foram 122,45% acima dos primeiros seis meses de 2020.


De acordo com o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, se trata do melhor primeiro semestre dos últimos seis anos, onde se pode experimentar números expressivos e valorização nos animais da pecuária de corte, em especial nos reprodutores. “Principalmente a venda dos machos nos deixou muito otimista, pois além de vendermos uma quantidade expressiva, os preços também estiveram expressivos. E isto vem se confirmando com estes leilões que viemos realizando nos últimos tempos”, observa.


Para o segundo semestre, o mercado ainda deve se definir até o final do mês de agosto, em especial na questão do comportamento do clima e das pastagens para a plantação do próximo ciclo agrícola, quando os produtores devem trocar o gado à campo pelas plantações, em especial da soja. “Quem tem campo, larga o gado gordo nele até o final de agosto e depois não temos mais este gado gordo e teremos que importar da Argentina e do Uruguai, este que voltou a exportar. O preço do novilho lá está US$ 2,45, o que dá quase R$ 14,00 o quilo”, destaca.

Yorumlar


bottom of page