top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Produtores de leite alertam para colapso do setor sem medidas contra produto importado


De cada 10 produtores de leite do estado, sete deixaram a atividade nos últimos 10 anos. Houve um decréscimo de 100 mil para 30 mil produtores no período. Os dados da Emater/RS e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag/RS), e comprovados por meio de notas fiscais junto à indústria, foram destacados pelo presidente da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), Marcos Tang, durante entrevista coletiva neste domingo, 27 de agosto, no pavilhão do Gado Leiteiro, durante a 46ª Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).


O dirigente ressaltou a defasagem de preço entre o custo do leite para o produtor e o que é pago pela indústria. O custo para o produtor soma mais de R$ 2,25 o litro, enquanto que a indústria paga 2,17 ao produtor. Tang destacou que as medidas anunciadas pelo governo federal contra o leite importado são ineficazes, porque vão ao encontro apenas de subprodutos derivados do leite e de baixo consumo junto à população. A principal reivindicação do setor diz respeito a medidas protetivas contra a importação, principalmente de leite em pó, queijo mussarela e leite de caixinha UHT.


O presidente da Gadolando destacou a necessidade urgente de redução dos custos de produção do leite, além de um mecanismo que limite a importação do produto. “Nós estamos correndo o risco até de soberania, por se tratar de um produto básico. Ok, agora ficou fácil importar, mas amanhã ou depois, com produtores locais quebrados, se os países deixarem de exportar leite para cá ficaremos na mão”, projetou.


Marcos Tang também questionou se as questões ambientais e sanitárias estão sendo adequadamente fiscalizadas para este volume todo de leite importado, já que a quantidade produzida é incompatível com o tamanho destas áreas nos países do Prata. No final da coletiva, foi hasteado no centro do pavilhão do Gado Leiteiro uma faixa preta de protesto com os dizeres: “Estão Matando os Produtores de Leite. Será Difícil Recuperar o Setor”.


Foto: JM Alvarenga/Divulgação

Comments


bottom of page