• AgroEffective/ABCCC

Rio de Janeiro garante novos classificados para a Morfologia


Depois do julgamento realizado na cidade de Avaré, em São Paulo, foi a vez do município de Sapucaia, no Estado do Rio de Janeiro, expor a qualidade dos animais locais e garantir novos exemplares da região oito na Expointer. Realizada entre os dias 22 e 23 de maio no Centro Hípico de Sapucaia, espaço que dispõe de excelente estrutura incluindo pista coberta, a mostra contou com a participação de 41 animais confirmados, julgados por Lauro Varela Martins.

Dentre os participantes do julgamento, o grande destaque ficou por conta dos dois primeiros de cada categoria, que conquistaram as vagas. Entre os machos, a habilitação ficou com o Grande Campeão Faceiro da Fazfar, de Ricardo Faria, e o Reservado Grande Campeão Lagunero do Infinito, de André Machado e Érica Araújo. Na categoria fêmeas, as melhores colocações foram da Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça, Guaiaca do Ribeirão Bonito, de Daniel Driessen, e da Reservada Grande Campeã, Debochada do Macanudo, de Onécio Prado e Carla Musa.

De acordo com os comentários do jurado, os vencedores foram eleitos por apresentar atributos diferenciados em relação aos demais. Em seu Comentário, Martins evidenciou a estrutura e volume de Guaiaca do Ribeirão Bonito, assim como a sua firmeza na linha de cima e a angulação de paleta e garrão. Já o potranco menor Faceiro da Fazfar foi considerado um animal com bom desenvolvimento, equilibrado e com grande potencial futuro. Superou o Reservado Grande Campeão justamente na apresentação do sábado, dia 22 de maio, quando entrou mais atento e desperto em pista.

A Exposição Passaporte foi promovida pelo Núcleo de Criadores CriouloRio e teve a supervisão do técnico da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, Heitor Cheuiche Coelho. O próximo julgamento a oferecer vagas na final da modalidade acontece em Ponta Grossa, no Paraná, no dia 28 de maio. O circuito de Exposições Morfológicas Passaporte do cavalo Crioulo conta com o patrocínio de Vetnil e o apoio de Supra.

Na opinião de Lauro Martins, o evento teve grande importância pois confirmou o crescimento da presença da raça na região. “Já tinha julgado aqui no Rio de Janeiro há uns oito anos e vejo que evoluiu muito daquele tempo para cá. Antes as exposições eram cheias de animais do Paraná ou Santa Catarina e agora vejo que a grande maioria é de criadores daqui mesmo ou de outros Estados da própria região oito”, comenta.

Martins ainda salientou que a estrutura física disponível em Sapucaia, e também em outras localidades do Sudeste como em Itú e Santa Rita do Passa Quatro, em São Paulo, potencializam ainda mais essa evolução e estimulam a disseminação do cavalo Crioulo nas regiões de fomento. “Temos estrutura e pessoas dispostas a trabalhar pela raça. Precisamos apoiar e incentivar a mobilização dos criadores e Núcleos”, reforça.

Admirados de cavalos de força e tração, criador das raças Bretão, Percheron e Clysdale, o empresário Carlos Castro mais uma vez abriu as portas ao cavalo Crioulo. Atencioso em receber todos os presentes, Castro falou a respeito do evento e mais uma vez salientou que tem grande prazer em receber a raça em seu Centro Hípico. “Gostaria de agradecer a todos que estiveram aqui. Nós temos o enorme prazer em receber o cavalo Crioulo, que é uma raça que sempre traz muita alegria para cá, muitas famílias, em um clima muito agradável de integração. O Centro Hípico de Sapucaia estará sempre de portas abertas ao cavalo Crioulo”, diz.

Confira o resultado

Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

Guaiaca do Ribeirão Bonito, filha de Viragro Rio Tinto e Lenda do Novo Horizonte; criador Arison Jung e expositor Daniel Hungaro Driessen, Fazenda Gadolândia, Ibaiti/PR

Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Égua Adulta

Debochada do Macanudo, filha de Pergaminho AA e Soberba do Macanudo; criador Mauro e Telmo Ferreira e expositor Carla F. Musa / Onécio Silveira Prado Jr, Estância Tamareira, Santa Rita Passo Quatro/SP

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor

Dança Comigo da Pena Branca, filha de Viragro Rio Tinto e Invernada da Camila; criador Euro da Silva Taborda Ribas e expositor Daniel Hungaro Driessen, Cabanha Norte Velho, Conselheiro Mairinck/PR

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Menor

Escultura da Fazfar, filha Hijo Bueno da Reconquista e BT Sonhada; criador e expositor Ricardo Pinto Faria e Outro, Fazenda Faria, Piedade/SP

Machos

Grande Campeão e Campeão Potranco Menor

Faceiro da Fazfar, filho de Índio do Boeiro e Dinamarca do Puruã; criador e expositor Ricardo Pinto Faria e Outro, Fazenda Faria, Piedade/SP

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Lagunero do Infinito, filho de CRT Guapo e BT Bailarina do Junco; criador Roberto Sidney Davis Júnior e expositor André Luís Vaz Machado e Érica Assunção Araújo, Cabanha Don Diló, Rio de Janeiro/RJ

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

DKP Embaixador, filho de EF Darkman e Taleira 1469 de São Bibiano; criador e expositor Délcio Rodrigues Pereira, Haras Anchieta, Gama/DF

4º Melhor Macho e Campeão Potranco Maior

Quebra Mola do Boeiro, filho de Índio do Boeiro e Dengosa do Jujo; criador Pablo Acosta Rodrigues e Irmãos e expositor Pablo Acosta Rodrigues e Rafael Nunes Rech, Cabanhas do Boeiro e Temporona, Uruguaiana e Guaiba/RS

Texto: Douglas Saraiva/ABCCC

Fotos: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

#Sapucaia #CavaloCrioulo #Exposição #Passaporte #Morfologia #RiodeJaneiro #ABCCC