• AgroEffective/ABCCC

Santa Catarina revela novos finalistas ao Freio de Ouro


Exemplares de seis estados diferentes, oito vagas em jogo e a chance de fazer história na pista do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). Foi isso que motivou 27 conjuntos a mostrarem suas performances em Chapecó, na região Oeste de Santa Catarina. Porém, após três dias de disputa no estado que reúne a segunda maior manada da raça, Aurora Torena e Sargento do Itapororó lideraram um grupo de seis finalistas garantidos na decisão do Freio de Ouro.

Ao que tudo indica, 2015 parece ser um bom ano para Aurora. Isso porque a Cabanha Torena, de Viamão (RS), conseguiu já na estreia da fêmea alcançar o oitavo lugar no Bocal de Ouro. Nada mal para quem está ingressando no maior circuito funcional da raça e que em sua primeira semifinal ao Freio protagonizou a disputa entre as matrizes desde as primeiras placas nas Andaduras.

No lado dos garanhões, a supremacia de Sargento do Itapororó na prova também chamou a atenção. O macho zaino da Cabanha Itapororó/Santa Marta, de Alegrete (RS), despontou já na avaliação morfológica e, apesar de General da Maior, da Cabanha Maior, de Painel (SC), impor uma dura concorrência, somente no julgamento das Andaduras ele deixou a ponta.

O criador Paulo Fernando Victor Pereira vê com muita alegria o resultado de seu primeiro trabalho ser reconhecido. Afinal, Aurora Torena não é só uma fêmea com um bom futuro pela frente. Ela é o primeiro exemplar com a sua marca e que consegue fazer isso já de largada. “Entrar em Esteio é um divisor de águas e para nós já foi uma vitória ter entrado no Bocal. Lá a gente sabia que ela podia dar mais e isso aconteceu aqui”, comemora.

Segundo Carlos Loureiro de Souza, administrador do Condomínio Itapororó/Santa Marta, a conquista reforça o sucesso do trabalho desenvolvido com cada exemplar. E no caso específico de Sargento do Itapororó, é com tranquilidade que ele diz apostar na genética junto à sintonia entre o garanhão e o comando de Raul Lima. “É o trabalho de muitos anos que se concretiza a cada animal classificado para o Freio”, enfatiza.

De acordo com o jurado Douglas Leite Gonçalves - que conduziu a avaliação juntamente com Ciro Manoel Canto de Freitas e José Francisco Pereira de Moura – os novilhos realmente criaram uma dificuldade bastante forte, principalmente entre as fêmeas. “Foi uma classificatória de bom nível e qualidade técnica, mas algumas éguas não atingiram a pontuação mínima pelo desafio imposto pelo gado”, esclarece.

Questionado sobre o desempenho dos primeiros colocados, Gonçalves observa ainda que Aurora Torena impressionou por sair com uma baixa pontuação morfológica e se destacar tanto na funcionalidade. Razão que conferiu a Antonieto Rosa o reconhecimento de sua performance como o Ginete Destaque.

A seletiva organizada pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) no Parque Tancredo de Almeida Neves contou com o apoio do NCCC Oeste Catarinense e a supervisão do técnico credenciado Adolfo José Martins Neto. Além dos criatórios anfitriões, expositores do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás também participarão da semifinal. Realizado pela ABCCC, o Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga, Massey Ferguson, Vivo, Banrisul e Supra.

Confira o resultado final

Fêmeas

1º Lugar (Classificada)

Aurora Torena, filha de BT Quadrilheiro e Mulata de Santa Adriana, criador e expositor Paulo Fernando Victor Pereira, Cabanha Torena, Viamão/RS

Ginete: Antonieto Rosa

Nota: 18,863

2º Lugar (Classificada)

Belle Flor y Luna, filha de Dom Carrasco do Purunã e Butiá Serenata, criador Agropecuária Belle Ltda, expositor Elizabeth Lemanski, Fazenda Paraíso, Curitiba/PR

Ginete: Luiz Fernando Rodrigues de Rodrigues

Nota: 18,222

3º Lugar

Quebrada do Itapororó, filha de Mañanero Zapatazo e Gaviota do Itapororó, criador Nestor M.Jardim Neto/Maria L.F. Jardim, expositor Condomínio Rural Itapororó/Santa Marta, Cabanha Itapororó Santa Marta, Alegrete/RS

Domador: Edson Oliveira da Rosa

Ginete: Raul Lima

Nota: 17,737

4º Lugar

Guaycuru Huelva, filha de AS Malke Cartucho e Madrileña Puacá, criador Edmundo Torres Neto, expositor Jorge Purcallas e João Correa, Cabanha Profecia e Rancho Queimado, Santo Antônio Do Pinhal/SP

Ginete: Diogo Fontoura

Nota: 17,649

Machos

1º Lugar (Classificado)

Sargento do Itapororó, filho de Macanudo do Itapororó e Princesa do Itapororó, criador Nestor M. Jardim Neto/Maria L.F. Jardim, expositor Condomínio Rural Itapororó/Santa Marta, Cabanha Itapororó Santa Marta, Alegrete/RS

Ginete: Raul Lima

Nota: 20,076

2º Lugar (Classificado)

General da Maior, filho de Buenaço da Maior e JC Atrevida, criador e expositor André Ricardo Souto Maior, Cabanha Maior, Painel/SC

Ginete: Fábio Teixeira da Silveira

Nota: 19,502

3º Lugar (Classificado)

Santa Laura Gallardo, filho de Festeiro do Itapororó e Quilapy Charamusca, criador e Expositor Luciano Daniel Erhart, Cabanha Dom Felipe, Portão/RS

Ginete: Adriano A. Streck

Nota: 19,120

4º Lugar (Classificado)

Urânio do Itaó, filho de Desafio de Santa Edwiges e La Gringa do Infinito, criador Cássio Souza Bonotto, expositor Everson Luciano da Rosa, Cabanha Estribeira, Novo Hamburgo/RS

Ginete: Antonieto Rosa

Nota: 18,812

Fotos: Fagner Almeida/ABCCC/Divulgação

Texto: Andressa Barbosa/ABCCC

#SantaCatarina #Chapecó #FreiodeOuro #CavaloCrioulo #ABCCC #Classificatória