• FecoAgro/RS

Produtores poderão renegociar dívidas do custeio do trigo


Os triticultores gaúchos poderão solicitar o Financiamento para Garantia de Preço ao Produtor (FGPP) para quitar os vencimentos do custeio da atual safra. O anúncio foi feito pelo Ministério da Agricultura. Segundo o comunicado, os produtores poderão procurar os agentes financeiros para negociações, com prazo é de seis meses de pagamento e a taxa de juros de 8,75% ao ano, semelhante ao do crédito rural.

A medida atende as reivindicações de entidades do Rio Grande do Sul feitas em janeiro deste ano. Na ocasião, a Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), em conjunto com a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) e Associação dos Cerealistas do Estado do Rio Grande do Sul (Acergs) pediram medidas emergenciais para controlar os problemas enfrentados na comercialização do trigo.

Na avaliação da FecoAgro/RS, a medida foi pontual e importante para as circunstancias atuais desta safra que foi colhida no último período. Entretanto, frente ainda aos problemas apresentados, que trouxeram dificuldades ao produtor, a entidade continua defendendo a necessidade da realização de ações estruturais que possam melhor definir as condições de cultivo para o trigo.

O Ministério da Agricultura também anunciou a liberação de mais R$ 100 milhões para a realização de leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) e de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) para o trigo em leilões que serão realizados na próxima semana.

#FecoAgroRS #Cooperativismo #Trigo #Renegociação #Dívidas #Comercialização

RELEASES

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco