• ABCCC

Buenos Aires classifica oito conjuntos ao Freio de Ouro


A edição classificatória ao Freio de Ouro de Buenos Aires, na Argentina, chega ao fim, após ter integrado a programação da Expo Outoño 2017. A partir disso, é notável que a raça Crioula cresce cada vez mais nas terras hermanas as quais tem oito exemplares classificados ao Freio de Ouro: quatro fêmeas e quatro machos. O empenho dos criadores argentinos em buscar melhor tratamento visando um melhor desempenho dos cavalos foi elogiado por organizadores. O Parque de Exposições de Palermo se despede do evento promovido pela Asociación Criadores de Caballos Criollos (ACCC), que teve início no último dia quatro deste mês. A Classificatória contou com a supervisão técnica de Frederico Araújo, profissional credenciado à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O evento contou também com os jurados brasileiros Felipe Maciel e Jorge Aginelo do Nascimento, além dos dois argentinos Federico Arguelles e Ricardo Matho Maebe. "Os quatro machos e as quatro fêmeas classificados chegaram aos 18 pontos, habilitando a participação no Freio de Ouro, no Brasil. É um passo muito importante, se vê muito bem a evolução deles", disse Araújo. O técnico ainda frisou que os próprios argentinos colocaram esta Classificatória como "a melhor dos últimos anos". Confira a classificação FÊMEAS 1º lugar Cara Cara Bombilla, ginete Luis Dure – Nota final: 19,358 2º lugar Chake 4051, ginete Ramon Diaz – Nota final: 18,367 3º lugar Chake Aba Ñee, ginete Ramon Diaz – Nota final: 18,295 4º lugar Del Oeste Pampeana, ginete Horacio Casin – Nota final: 18,003 MACHOS 1º lugar Del Paye A Lo Guaso, ginete Nicolas Touyaa – Nota final: 19,534 2º lugar Viejo Campero Quedate Tranquilo, ginete Tomaz Marques Ignacio Gonçalvez– Nota final: 18,424 3º lugar Napaleofu Perdigon, ginete Fernando Klega – Nota final: 18,199 4º lugar Perdido Baleon, ginete Horacio Casin – Nota final: 18,118

Texto: Arthur Grohs/ABCCC

#ABCCC #CavaloCrioulo #FreiodeOuro #Argentina #BuenosAires