• TurboFerro

Solar Inove apresenta vantagens do sistema fotovoltaico na Tecnovitis


Diante das constantes altas no custo da eletricidade, o agronegócio parece ter abraçado de vez a ideia das energias alternativas e o setor vitivinícola não está de fora. As principais novidades e vantagens dos sistemas solares fotovoltaicos serão apresentados durante a Tecnovitis, feira de produtos e tecnologias ligadas à viticultura, que acontece de 6 a 8 de novembro, em Bento Gonçalves (RS).

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a energia elétrica, um dos itens que mais pesa na planilha de custo dos produtores, deve aumentar ainda mais em 2017. “Atualmente os gastos com energia elétrica representam uma parcela considerável nos custos de produção. Nosso objetivo é apresentar uma alternativa para que os produtores possam se manter extremamente competitivos, através da implantação dos sistemas fotovoltaicos. Inclusive já existe no Rio Grande do Sul vinícolas movidas a energia solar”, afirma o diretor da Solar Inove, Fernando Ronchi.

Se por um lado o preço da energia convencional não para de subir, por outro, o custo da energia solar vem despencando e hoje custa 250 vezes menos que há quatro décadas, conforme dados da Bloomberg New Energy Finance. Segundo especialistas, a tendência é que a energia solar seja uma das principais fontes de energia do futuro. No Brasil, conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apenas 11 mil propriedades têm o sistema instalado. No agronegócio, a tecnologia vem sendo bem recebida pela agricultura familiar, em função da linha de crédito incentivada pelo Pronaf Eco, Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, direcionado para financiamento de energia renovável e sustentabilidade ambiental.

Para atender esta demanda, a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) vem cadastrando e credenciando empresas que fornecem sistema de energia solar fotovoltaica. Até o momento apenas cinco estão cadastradas no sistema e a única da região Sul do país é a Solar Inove, de Tubarão (SC), que atende produtores do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. “Somos uma empresa tradicionalmente do setor agrícola, hoje 95% dos nossos clientes são produtores. Para ser cadastrado pela Secretaria tivemos que atender diversas exigências e certificações, por isso, temos um produto diferenciado que pode ser financiado em até dez anos com juros de 2,5% ao ano”, afirma Fernando Ronchi, diretor da empresa.

Na Tecnovitis, a Solar Inove estará ao lado da Agrimar, tradicional rede de lojas do setor agrícola, que é a principal distribuidora dos sistemas fotovoltaicos na Serra Gaúcha. “Estamos agora consolidando esta parceria que certamente será de grande longevidade e benéfica aos envolvidos, e, principalmente, aos nossos clientes que poderão contar com o comprometimento de duas empresas extremamente responsáveis por tudo aquilo que se propõem a fazer”, afirma Ronchi.

#TurboFerro #SolarInove #EnergiaSolar #Tecnovitis #BentoGonçalves

RELEASES

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco