• AgroEffective

ABHB reduz o custo dos certificados de produtos de cruzamento e fomenta negócios no outono


Para garantir os negócios em tempo de pandemia causada pelo Coronavírus (Covid-19), que trouxe prejuízos com os leilões presenciais e as feiras de outono nesta temporada de vendas da pecuária gaúcha, a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) reduziu o custo dos certificados de produtos de cruzamento. Com isto, a medida beneficia os compradores de genética das raças e os vendedores em um momento de incertezas. Os valores passaram de R$ 13,00 para R$ 9,00, atendendo aos pedidos de quem compra e de quem vende. O gerente do projeto de Fomento da ABHB, Miguel Ferreira, explica que há alguns anos, confinadores do centro do país começaram as compras de terneiros dos criadores gaúchos. “Eles descobriram a nossa carne e começaram a levar para recriar. Com isto, a associação obteve autorização do Ministério da Agricultura para emitir certificados para animais cruzados que não são reprodutores registrados. Este documento se atribui àqueles animais com no mínimo 50% de sangue Hereford ou Braford desde que tenha comprovação deste 50% via registro dos touros pais destes animais ou uma nota de sêmen que as vacas foram inseminadas e geraram estes animais 50% de sangue”, observa. Conforme Ferreira, tendo esta certificação, o produtor tendo como comprovar a origem do pai destes animais, o técnico vai até a propriedade, seleciona os animais aptos, coloca o brinco, gera uma ficha na associação que gera este certificado, que isenta o comprador a pagar ICMS na saída do Estado do Rio Grande do Sul, que é de 12% do valor do animal. “Tendo este certificado, o produto fica isento e isto aumenta a procura. Em função da pandemia, os leilões passaram a ser virtuais e neste sentido coloca produtores de todo o Brasil na disputa por esses animais e beneficia produtores vendedores daqui no Rio Grande do Sul”, salienta. Se enquadram na certificação as fêmeas e machos inteiros destinados à recria e abate. “O certificado beneficia os produtores de genética que queiram agregar valor à produção e beneficia os produtores de fora para a compra”, frisa o gerente do projeto de fomento da ABHB. Este certificado, de acordo com Ferreira, ajuda no projeto de fomento, iniciado na Expointer passada com a parceria com o frigorífico Minerva Foods. Após a assinatura de contrato, a associação buscou parceria com a Alta Genetics e com isto formou esta parceria tripla para atuar com criadores no raio de 500 quilômetros das plantas do frigorífico em José Bonifácio (SP) e Palmeiras de Goiás (GO). “Como acreditamos muito neste projeto das raças juntos aos produtores do Centro do país acreditamos que teremos dados para engrossar nossos trabalhos com um número maior de animais para a mensuração de resultados. Como os resultados da raça Hereford já se mostraram superiores, acreditamos no retorno deste projeto”, conclui.

RELEASES

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco