top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Arco comemora 81 anos de história em prol da ovinocultura brasileira


O início da história da então Associação Rio-grandense de Criadores de Ovinos foi em Santana do Livramento (RS), no dia 18 de janeiro de 1942, durante a 3ª Exposição Nacional. E o seu primeiro presidente foi o senhor João Farinha. Em 1977 a Arco ganhou o status de nacional e passou a ser delegada do Ministério da Agricultura para ser o cartório de registro das raças ovinas em todo o Brasil.


Chegando, em 2023, aos 81 anos de atuação, a Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco) se mantém como referência no Serviço de Registro Genealógico de Ovinos (SRGO). A Arco tem no seu DNA também a assistência técnica que hoje é realizada por 107 Inspetores Técnicos que atuam em todos os estados brasileiros na seleção de 27 raças, sendo: Merino Australiano, Ideal, Corriedale, Romney Marsh, Hampshire Down, Texel, Ile de France, Suffolk, Karakul, Lacaune, Santa Inês, Morada Nova, Bergamácia Brasileira, Somalis Brasileira, Rabo Largo, Border Leicester, Poll Dorset, Polypay, Cariri, Dorper, Crioula, Samm, White Dorper, East Friesian, Dohne Merino, White Suffolk e Romanov.


Segundo o presidente da Arco, Edemundo Gressler, ao completar 81 anos, leva a uma reflexão que chegar a esta data importante é histórico. "Qualquer empresa que comemora 81 anos tem que ser vista a importância da sua representação e da sua história. A Arco, ao estar completando 81 anos, mostra a importância para o produtor, o criador e o selecionador que tem seus plantéis em toda a genealogia dentro dos arquivos da Arco, que ela é fundamental", destaca.


Gressler cita a declaração de um criador que, ao cumprimentar a Arco no ano passado, pelos seus 80 anos, fez um agradecimento pela entidade ser a cuidadora do patrimônio dele. "Ele disse que um dos patrimônios dele é a genética dos seus animais, e quem cuida deste acervo é a Arco, dando o valor e a credibilidade para a genética dos seus animais. Olhando esta observação vemos essa representatividade e a importância dela de cuidar de todas as raças ovinas do país, com transparência, legitimidade e confiabilidade", observa, parabenizando diretoria, colaboradores, técnicos e associados pela data.


Além da eficiência no registro, a entidade está também direcionada ao trabalho de organização da cadeia e fomento da produção através de convênios e parcerias com instituições de pesquisa e extensão que auxiliam a promover o desenvolvimento genético das raças e o aumento dos rebanhos. Este é um grande desafio para a ovinocultura nacional – aumentar a oferta do produto ovelha.


A Arco é uma entidade de expressiva representatividade e exerce um importante papel na seleção e aprimoramento das raças ovinas, chancelando o trabalho dos criadores brasileiros no melhoramento genético dos seus plantéis.

Comments


bottom of page