top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Cabanha paranaense leva os dois lotes mais valorizados do remate JA e Mais Um


A noite de segunda-feira, 2 de outubro, foi de celebrar o melhor da genética crioula. Foi realizado, pela Trajano Silva Remates, o já tradicional remate que reúne as cabanhas JA e Mais Um. Ao todo, foram oferecidos 32 lotes, alguns compostos por machos, fêmeas paridas com potro ao pé ou fêmeas prenhas. Entre eles, herdeiros de genéticas de grandes nomes da raça como os multicampeões Xeque Mate da Boa Vista, JA Libertador, entre outros.


O responsável pela batida do martelo foi o diretor da Trajano Silva Remates e leiloeiro Marcelo Silva. Ele destacou que houve a presença de interessados de fora do Rio Grande do Sul durante o remate, que se realizou na modalidade online, pela plataforma da Trajano Silva no YouTube. “Tivemos compradores de Santa Catarina, do Paraná e do Uruguai. Acredito que tudo isso em função da qualidade dos animais JA e Mais Um”, observou Silva.


O leiloeiro avaliou que foi um leilão surpreendente pela agilidade. “Se vendeu rapidamente toda a oferta, com uma média de R$ 32,97 mil”, destacou Silva. Segundo ele, os dois lotes mais valorizados foram os que abriram o leilão e que chegaram ao valor total de R$ 100 mil cada um. JA Ligeira e SJ Alamaula foram adquiridas pelo mesmo comprador e irão para a Cabanha Ribeirão Bonito, de Guarapuava (PR).

Comments


bottom of page