top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Doações intermediadas pelo Desenvolve Pecuária chegam a vítimas das enchentes

A solidariedade vai tomando forma junto a milhares de pessoas atingidas pelas enchentes históricas que assolam o Rio Grande do Sul. Foram três ações até aqui intermediadas pelo Instituto Desenvolve Pecuária. Em Canoas, um dos municípios mais prejudicados com os alagamentos, foram entregues 27 toneladas de carne de Hulha Negra, na região da campanha gaúcha, e 15 toneladas de arroz, que vieram de doadores de Bagé, também na região da Campanha.


Em outras ações, a empresa AGT, de Assis, São Paulo, que atua na produção de cana de açúcar, grãos e plantio de cítricos, doou 2,5 mil cobertores, distribuídos em 27 abrigos na Região Metropolitana, em Alvorada, Viamão, Porto Alegre e Canoas. Outra ação da empresa AGT foi a doação do dinheiro do Imposto de Renda para um abrigo de crianças e adolescentes em Santa Cruz do Sul, além da doação de 20 mil pastilhas que transformam 20 mil litros de água bruta em água potável.


A diretora administrativa do Instituto Desenvolve Pecuária, Fernanda Brum, afirma que estão todos comovidos com essa ação solidária/humanitária vinda de todo o país. “O Instituto Desenvolve Pecuária, como não poderia ser diferente, está totalmente focado em ajudar essas pessoas que foram prejudicadas. A nossa principal campanha visa arrecadar dinheiro para doar na fase da reestruturação das moradias”, explica. Fernanda reforça que, paralelo a isso, o Instituto está desenvolvendo ações momentâneas com doações que chegam de vários Estados.

Comments


bottom of page