top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Mancha Crioula homenageia pecuarista com grande representatividade no setor


A próxima edição do Mancha Crioula, tradicional exposição organizada pela Trajano Silva Remates, vai homenagear Eduardo Linhares, fundador da GAP Genética, sediada em Uruguaiana (RS). Considerado um dos pecuaristas mais importantes do Rio Grande do Sul, Linhares é criador de gado Angus e de ovinos, e foi presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) nos anos 1990.


O diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, enfatiza que Eduardo Linhares é uma unanimidade nacional, “não só no cavalo, onde é um craque, como também em bovinos e ovinos”. “Uma vida inteira dedicada ao campo. E esse convívio de 60 anos que, particularmente, venho tendo com a família, se transforma em um grande carinho, em uma aproximação filosófica que me preenche,” destaca Silva, colocando que, no seu entendimento, neste momento, não teria ninguém no Brasil para escolher como homenageado do Mancha Crioula. “E eu estenderia como também homenageado do Cavalo Crioulo”, destaca.


Eduardo Linhares afirma que o relacionamento com o grupo da Trajano Silva, em mais de 70 anos, desfruta de um estado de amizade “que é difícil existir outro semelhante no cenário da agropecuária brasileira”. “Quando o trabalho profissional corre junto à amizade e no sentido dos bons resultados, a longevidade da parceria é uma prazerosa consequência”, enfatiza.


O Mancha Crioula vai ocorrer entre os dias 1º e 3 de março no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, e em todas as edições são agraciados grandes nomes da comunidade. Além da homenagem, a programação é composta por avaliação morfológica, concentração de machos, remate e, neste ano, pela novidade que é a realização da prova Redomão.


Foto: Gabriel Oliveira/Divulgação

コメント


bottom of page