top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Criadores fomentam consumo da carne de búfalo em pontos de venda


Os criadores de búfalos do Rio Grande do Sul estão trabalhando em campanhas de valorização da carne junto ao consumidor. Em diversos pontos de venda, já é possível identificar por meio de selo o produto nas prateleiras.


E o consumidor tem aprovado. Segundo o gestor do Búfalo Gaúcho, Guilherme Giambastiani, há uma boa aceitação da carne de búfalo nos pontos de venda. “Ao mesmo tempo que estamos divulgando a carne e seus cortes com a identificação visual em alguns estabelecimentos como carne selecionada do búfalo gaúcho, começamos a ter uma demanda maior”, destaca.


Mas, paralelamente, conforme Giambastiani, é preciso organizar a cadeia para não faltar produto. “Estamos trabalhando para aumentar esse número de criadores que fazem a terminação, que hoje são poucos aqui no Rio Grande do Sul e focando na região Metropolitana pela questão da logística”, ressalta.


Com o apoio da Associação Sulina de Criadores de Búfalos (Ascribu), o objetivo é divulgar melhor os pontos de venda e chamar os criadores para colocar este búfalo no mercado. “A sua grande maioria estava indo para o mercado como proteína vermelha e não agregava valor. É o momento de nos posicionarmos como nicho de mercado e agregar valor pois sabemos que é uma carne maravilhosa com as suas características”, observa Giambastiani.


A presidente da Ascribu, Desireé Möller, lembra das ações que foram realizadas ao longo do ano, como a participação em eventos como o “Porto Alegre - Capital do Churrasco” e no 7º Festival Binacional de Enogastronomia, que ocorreu em Sant’Ana do Livramento, além de degustações durante a Expointer e a Expoleite Fenasul.


Desireé reforça ainda que o grande segredo da carne de búfalo começa pela terminação dos animais entre 18 e 22 meses e 450 quilos. “É uma carne praticamente verde, ou seja, o búfalo, diferente do bovino, não recebe organofosforados e quase não tem carrapato. Quando bem manejado é isento de ectoparasitas. É uma carne que não tem nenhum poder residual de medicamentos. E por ser um animal muito resistente praticamente não recebe antibióticos”, informa.


A carne de búfalo tem 40% menos colesterol e 55% menos calorias em comparação à carne bovina. Além disso, é uma carne 12 vezes com menos gorduras no geral, assim como tem 10% mais proteínas e minerais.


Confira os pontos de venda


Supermercado Gauchão

Avenida Antônio de Carvalho, 1515, Jardim Carvalho, Porto Alegre (RS)

Rua Vicente da Fontoura, 1225, Bairro Santana, Porto Alegre (RS)


Casa de Carnes Santo Antônio

Avenida Presidente Getúlio Vargas, 5299 parada 60, Alvorada (RS)


Mercado da Economia - Tribúfalo

Rio Guaíba, 316, Jardim Luciana, São Leopoldo (RS)


Bufalera

Rua 17 de Dezembro, 438 Lj 07, Hidráulica, Lajeado (RS)

Obs.: Também conta com pontos de revenda na rede Desko em Esteio e Porto Alegre


Casa de Carne Búfalo Nobre

Rua Venâncio Aires, 1583, Bairro Várzea, São Borja (RS)


Central de Carnes Borges

Rua Borges do Canto, 233, Bairro Várzea, São Borja (RS)


Casa de Carnes Real

Rua Engenheiro Manoel Luiz Fagundes, 1698, Bairro Pirahy, São Borja (RS)


Casa de Carnes Passo

Avenida Francisco Miranda, 800, Bairro do Passo, São Borja (RS)

Comments


bottom of page