top of page
  • Foto do escritorAgroEffective

Semana Arrozeira de Alegrete finaliza com escolha das Soberanas


Após dois anos sem acontecer o evento devido a pandemia da Covid 19, a nova diretoria da Associação dos Arrozeiros de Alegrete, que assumiu a gestão no final do mês de março deste ano, já teve como primeiro desafio no seu planejamento de ação a organização da 13ª edição da Semana Arrozeira, que faz parte do calendário anual de eventos do município.


Em um formato mais dinâmico e com menos dias, o evento, que é referência na região da Fronteira Oeste, aconteceu em três dias com palestras que trataram sobre mercado, sustentabilidade na gestão dos processos, meio ambiente, formação de pessoas e também assuntos técnicos pertinentes a rotina dos Produtores Rurais. “Estamos satisfeitos com a retomada do evento. Tivemos menos de dois meses para apresentar uma programação e também contar com o apoio dos patrocinadores, pois sem eles o evento não aconteceria. Não menos importante o engajamento de toda a diretoria, que não mediu esforços para auxiliar em todos os momentos e, como sempre, o dinamismo, o comprometimento, a união da equipe da Panela Campeira, que é formada pelos casais de arrozeiros”, fala com satisfação Gustavo Thompson, presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete.


Na noite do último sábado, 4 de junho, aconteceu o 20º Baile do Arroz com a escolha das Soberanas do Arroz. Foi eleita Rainha do Arroz Maria Eduarda Hitz, de 22 anos. Como primeira princesa, ficou Andressa Luizza de Melo Bastiani, de 18 anos, e como segunda princesa ficou Luísa Prates Gonçalves, também de 18 anos. O baile teve a participação de mais de 400 pessoas que também puderam prestar homenagem à Breno Pinheiro Prates, in memorian, considerado importante líder do setor. Prates foi o primeiro presidente da Federarroz, idealizador da Abertura da Colheita do Arroz, onde levou o nome de Alegrete e o tamanho da lavoura arrozeira ao Brasil.


Na ocasião, foi-lhe outorgada uma placa entregue para sua filha Carla Prates. “Homem comprometido e dedicado às questões arrozeiras. Grande líder, sempre à frente do seu tempo. Deixou grande legado em todas as entidades e instituições da qual participou. Nossa eterna gratidão pelos ensinamentos e conselhos”, fala com carinho Thompson.


A noite também foi de conhecer o homenageado do Troféu o Taipeiro. Junto aos familiares, Antônio Carlos Nemitz, gestor e líder, recebeu a importante honraria. O Taipeiro foi idealizado em 2002, por ocasião dos 20 anos da entidade alegretense. O objetivo é o de materializar o reconhecimento da Associação dos Arrozeiros de Alegrete para aquelas pessoas, que ao longo das suas histórias, mereceram destaque em ações relacionadas ao setor. “Este é um evento de produtor para produtor. Hoje estou iniciando um ciclo como presidente desta entidade que há 36 anos mantém esta união e trabalha para vencer os inúmeros desafios da lavoura arrozeira. Estou muito feliz em poder estar à frente de uma entidade que tem um 'lastro', por ela passaram grandes líderes que abriram muitas portas em nível regional, estadual e nacional. Nossa diretoria está muito atenta com toda a evolução que não é somente do agronegócio, mas também como entidade de classe e unidos vamos vencendo os desafios propostos”, finaliza o presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete.


Foto: Flávio Burin/Divulgação

Comentarios


bottom of page